Governo Divulga Calendário para Saques do FGTS

14 fevereiro, 2017

Governo Divulga Calendário para Saques do FGTS




Finalmente foi divulgado o calendário para saques das contas inativas do FGTS. Conforme já havíamos divulgado a informação foi disponibilizada hoje, dia 14 de Fevereiro.

Saiba dessas e outras notícias como vagas de emprego com exclusividade. Participe já do nosso grupo no Facebook clicando abaixo:

Grupo Facebook

Também, conforme havíamos divulgado, o calendário para saques do FGTS será divido por lote, de acordo com a data de nascimento do trabalhador, sendo os nascidos no mês de Janeiro e Fevereiro os primeiros que terão direito ao saque já no próximo mês, a partir do dia 10 de Março. O último lote será liberado em Julho e terá direito os trabalhadores nascidos em Dezembro.




Mais de 30 milhões de trabalhadores terão direito ao saque do FGTS, sendo que aproximadamente 50% deste total tem no máximo R$500,00 retidos no Fundo de Garantia, 24% tem entre R$500,00 e R$1.500,00, totalizando quase 80%. O restante tem mais de R$1.500,00 para sacar. Confira abaixo o calendário oficial:

MARÇO – nascidos em janeiro e fevereiro;
ABRIL – Nascidos em março, abril e maio;
MAIO – nascidos em junho , julho e agosto;
JUNHO – nascidos em setembro, outubro e novembro;
JULHO – nascidos em dezembro.




No final do ano passado, o governo anunciou que liberaria para os trabalhadores, o saque do FGTS das contas inativas até Dezembro de 2015, com o objetivo de sair da crise, injetando aproximadamente R$ 40 bilhões na economia .

Quando um trabalhador é contratado com registro em carteira, a empresa que o contratou é obrigada a realizar um depósito todos os meses em uma conta que é criada no banco da Caixa Econômica Federal, até que este empregado seja desligado da empresa. Quando a empresa demite o empregador sem justa causa, ele tem direito de resgatar toda a quantia depositada nesta conta que foi aberta. No entanto, quando o empregado pede demissão ou é demitido por justa causa, ele não tem direito de sacar esse dinheiro. Esta conta que foi aberta fica inativa e o trabalhador só tem acesso a essa conta em casos especiais como doenças graves, quando fica mais de 3 anos sem registro em carteira, ou quando vai comprar uma casa, por exemplo.
Com essa medida, todos os trabalhadores que tem conta inativa até o final de 2015, ou seja aqueles que pediram demissão ou foram demitidos por justa causa em 2015 ou antes deste ano terão direito ao resgate de todo esse valor que até então estava retido.

O governo, juntamente com o Banco Caixa Econômica Federal, criou também um site para que o trabalhador possa ter um acesso facilitado às contas inativas, https://www.contasinativas.caixa.gov.br

Foi criado também um número de telefone para contato, para que o trabalhador possa optar entre esclarecer suas dúvidas pela internet ou pelo telefone. O número é o 08007262017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *